Desassossego - seção portuguesa

Mar Fronteira

2019-09-30
Desassossego - seção portuguesa
  Tinha-a presa ao pescoço. A pequena sapatilha de madeira estava presa ao cordão. Houve um tempo em que se quis matar. ...

Um pasmo inteiro dentro dos olhos

2019-07-22
Desassossego - seção portuguesa
Idalete sacode os restos de gelo que se pregam à raiz da buganvília, uma língua entortada que trepa pelas paredes de casa e ...

A Torre de Palha

2019-06-28
Desassossego - seção portuguesa
  Era impossível distinguir um sorriso de um esgar cortado pelas lâminas sopradas no vento. Todo o rosto de Anton parecia so ...

No degrau

2019-05-31
Desassossego - seção portuguesa
  Apareceram durante a noite, ou de madrugada. Ontem, ao regressar a casa, não estavam lá, no degrau, portanto, só p ...

Pequenos Deuses

2019-05-06
Desassossego - seção portuguesa
  Quando decidi matá-la, fiquei aterrorizado. Senti náuseas. Tonturas. Quase desfaleci. À beira do precipício ...

E onde é que se morre menos vezes, César Tróia?

2019-04-11
Desassossego - seção portuguesa
  Há alguns meses fui convidado a escrever um texto sobre o bacalhau para uma peça de teatro. E apesar de gostar muito de p ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM